Aeon Trading

Formando Traders Independentes

Um estudo sobre Relação Risco/Recompensa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Todos sabem (ou deveriam saber) que o famoso Holy Grail não existe. Sim. Para aqueles que ainda esperam encontrar um sistema perfeito, tenho más notícias. Eles não existem. Em minha opinião (como eu sempre digo, eu não sou o dono da verdade), a única forma de ganhar dinheiro no Forex, é gerenciando seu capital. É lógico que você precisa de um sólido sistema de negociação, saber onde entrar, onde sair e etc, mas sem um bom gerenciamento de risco, talvez nada disso funcione.

Eu sou muito observador e eu identifiquei um problema em mim (algum tempo atrás). E esse problema se chamava “falta de confiança” para operar. Sim, eu tinha um sistema que funcionava muito bem, dava sinais bem precisos (perdia e perde de vez em quando, mas isso faz parte do negócio), mas era um bom sistema. Mas mesmo assim, existia algo dentro de mim que me bloqueava, me travava, me impedia de negociar. Eu estava cansado de identificar uma ordem, não abrir e ver o preço ir diretinho para o take profit e um dia eu comecei a me perguntar porque eu agia dessa maneira e eu vi que era falta de confiança em meu sistema. Então eu comecei a pensar sobre o que me daria a confiança para negociar sempre que identificasse uma ordem. Meu sistema tinha um bom nível geral de acerto, mas por alguma razão, isso não era suficiente para mim. Então eu comecei a identificar pontos que poderiam aumentar a minha confiança na hora de operar, simplesmente por serem coisas que me dariam mais chances de ser lucrativo.

Os itens da minha lista foram:
-Seguir tendências: Eu já tinha claro que seguir tendências era a melhor maneira de negociar, principalmente pelo fato de estar nadando na direção da correnteza.

-Ter uma alta taxa de acertos: Isso me causaria um maior conforto psicológico e uma maior tranquilidade para operar, pois sabia que na maioria das vezes eu sairia lucrativo do mercado.

-Ter uma alta taxa de relação Risco/Recompensa: Isso me daria certeza, estatisticamente que, no longo prazo, eu seria lucrativo, mesmo que eu tivesse uma porcentagem de acertos inferior a 50%.

Eu já seguia tendências, e eu já tinha uma alta taxa de acertos. Faltava então ter uma alta relação de Risco/Recompensa. Aqui era onde eu estava falhando. Ter uma alta taxa de relação R/R era a solução para o que faltava de confiança para mim. Foi aí que eu comecei a estudar mais a fundo tudo sobre gerenciamento de risco e eu vi que esse era o meu Holy Grail.

Nada me dá mais tranquilidade do que operar com uma relação de Risco/Recompensa de 1/4, 1/5 ou mais. Existem situações onde a relação Risco/Recompensa é infinita, pois depois de uma certa altura, não arrisco mais nem 1 centavo da minha conta e isso fez com que eu operasse mais tranquilamente e fez de mim um melhor Trader.

Algum tempo atrás, me foi apresentado um robô que, segundo seus donos, tinha acerto de 98% das posições. Em mais de 100 trades, havia errado apenas 3 ou 4 vezes e eu tive a oportunidade de observar o robô trabalhando em tempo real (eu comprei o robô). O que acontece é que o robô colocava um stop de 250 pips e um take de 10 pips. Lógico que é mais fácil o mercado se movimentar 10 pips em uma direção do que 250 na outra, mas ao ver esse “pequeno” detalhe do robô, imediatamente solicitei o reembolso do meu dinheiro.

Resumindo: Pra mim, o sistema “perfeito” (ou o mais próximo da perfeição) é aquele que reúne os 3 fatores citados acima: Tendências, Uma boa taxa de acertos e Uma alta taxa de R/R.

Um forte abraço e seja disciplinado sempre.

Dyogenes

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

LEIA TAMBÉM

YOUTUBE AEON

Shopping Basket